Torre Eiffel | Guia Completo para visita 2019

0

Visitar Paris sem visitar a Torre Eiffel é quase que impossível. Se existe algum lugar no mundo mais apaixonante e romântico do que Paris, eu desconheço. A Torre é um monumento mágico que faz você sonhar em todo o mundo. Até os parisienses não se cansam! Eles podem nunca ter subido nela (sim, isso existe.. e muito!), mas eles adoram admirá-la. Esteja você visitando Paris por um dia, um fim de semana ou mais, não deixe de conhecer a Dama de Ferro. 

Aqui você encontrará algumas dicas com tudo o que você precisa saber para aproveitar a visita a um dos cartões postais mais românticos do mundo – a Torre Eiffel. Você irá encontrar todas as informações importantes para reservar seu ingresso e furar a fila de corte de ingressos. Assim você otimiza a sua visita e principalmente evita filas por horas.

Torre Eiffel – Guia Completo da Dama de Ferro 2019

Destino de milhões de visitantes todos os anos, Paris é sinônimo de glamour, paixão e beleza, tornando-se um dos locais mais famosos e visitados do mundo. São tantas as atrações da cidade luz, que o turista nunca vai ficar sem opções. E o ponto mais marcante para a maioria de turistas, definitivamente é a Torre Eiffel. Nenhuma visita a Paris é completa sem uma foto neste magnífico cartão postal cravado no coração da capital francesa e símbolo do país.

torre eiffel trocadero

LEIA TAMBÉM :



Quanto tempo é a fila de espera da Torre Eiffel?

Como já era de se esperar, a fila da Torre Eiffel é a maior e mais demorada de Paris, chegando facilmente a mais de 2h. Mas você comprar o ingresso antecipado e furar a fila. Compre aqui o seu ingresso para subir de escada | subir até o 2º andar ou subir até o topo.
.

Por que a Torre Eiffel foi construída?

A Torre Eiffel foi construída para a Exposição Universal de 1889, realizada em Paris. O engenheiro Gustave Eiffel iniciou as obras em 26 de janeiro de 1887. Dois anos depois, o público pôde finalmente visitá-la por ocasião da Exposição Universal.
.

Qual é a altura da Torre Eiffel?

A Torre Eiffel tem 324 metros de altura (com as antenas no topo incluídas). O primeiro andar está localizado a 57 metros de altura e o segundo andar a 116 metros. O terceiro andar tem 276 metros de altura. Mas, dependendo da temperatura, a altura pode variar de +/- 15 cm por causa da dilatação.
.


história da Torre Eiffel

A Torre Eiffel foi idealizada como um símbolo da gratidão francesa, ela teve seu projeto escolhido em um concurso de design e arquitetura. Promovido pelo governo francês, visando a construção de um monumento no Campo de Marte, no centro de Paris. A ideia era homenagear o centenário da revolução francesa na inauguração da Exposição Universal de 1889. A Torre seria o arco de entrada, sendo inaugurada na abertura da feira em 31 de março de 1889.

Torre na Primvera

Cerca de 100 projetos participaram do concurso, onde o comitê do Centenário escolheu o projeto que pertencia a empresa do engenheiro Gustave Eiffel. Isto explica o nome da torre, pois o projeto era o único viável de ser construído com a engenharia da época. A estrutura total possui 324 metros de altura e 7300 toneladas quando foi construída. Se manteve no posto de estrutura mais alta do mundo até 1930, perdendo seu posto para o Chrysler Building, em Nova Iorque.

Construída para ser uma estrutura temporária por vinte anos, a Torre Eiffel quase foi demolida no fim do contrato em 1909, mas o seu valor como antena de transmissão de rádio foi o que a manteve até hoje, sendo que os últimos 20 metros da estrutura correspondem a atual torre de transmissão.

Como visitar a Torre Eiffel?

Geralmente a distância das fotos tradicionais da torre, não permitem visualizar suas verdadeiras dimensões. A Dama de Ferro é dividida em 3 andares abertos a visitação com diversas atrações disponíveis.

Cada pessoa gosta de visitá-la a sua maneira. Algumas pessoas gostam de subir até o topo, outras apenas apreciá-la de baixo. Sim, nem todo mundo quer subir na Torre. Mas se este não é o seu caso, várias opções são propostas. Cabe a você fazer sua escolha, de acordo com o tempo que você tem, seus desejos, seu orçamento e sua condição física.

Último andar da Torre Eiffel fecha em Janeiro

No térreo da Torre você irá encontrar todas as opções de conveniência. Loja de lembrancinha, o balcão de informações, as bilheterias e o acesso aos elevadores e escada aqui se encontram.

Já no primeiro andar você encontrará o famoso piso transparente. A uma altura de 57 metros do chão, a sensação de estar caminhando no ar é uma parte imprescindível do passeio, além da sala de projeções Cine Eiffel, que exibe imagens históricas da torre e sua construção.

Piso de Vidro Torre Eiffel
Foto Shutterstock | De Masarik

Neste andar você pode desfrutar do restaurante 58 Tour Eiffel, que fica a exatos 58 metros do chão, especializado em cozinha tradicional francesa e contemporânea, com valores que variam entre R$170 e R$780, o preço a se pagar por comer em um lugar tão incrível.

Subir a Torre Eiffel pelas escadas

Sim, é possível subir ao 2º andar da Torre Eiffel a pé. Por outro lado, você não poderá subir mais! Somente os elevadores permitem fazer do 2º andar ao topo. Existem escadas para o topo, mas são reservadas apenas para uma possível evacuação de emergência. 

Para chegar ao 1º andar, você terá que enfrentar 400 degraus. Mas se você chegar ao 2º andar, terá subido mais de 700 degraus. Melhor ter certeza de sua escolha e estar em boas condições físicas. Observe que, dependendo do clima, o acesso às escadas pode ser fechado. Esta é o meio mais econômico para visitar a Torre Eiffel.

Foto Shutterstock | De Mariano Villafane

Dica

Se você estiver com tempo e a sua energia permitir, eu aconselho a subir as escadas pelo menos uma vez na sua vida. A subida a pé é uma experiência real, que “quase” ninguém se arrepende. Mas você precisa ter uma boa condição física.

SUBIR A TORRE EIFFEL por elevador – 2º ANDAR

Esta é a visita clássica, que permite descobrir a Torre Eiffel no seu melhor. A compra antecipada do ingresso economizará muito tempo, já que tem os bilhetes mais concorridos. A vista do 2º andar é ótima, mesmo não sendo o topo e permite uma visão de 360 ​​graus de toda a cidade. 

Último andar da Torre Eiffel fecha em Janeiro
Foto Shutterstock | De Mariano Villafane

O 2º andar oferece algumas opções de lojinhas para você voltar carregado de mimos (com preços mais caros do que nas lojas de souvenirs espalhadas por Paris, mas com qualidade bem melhor). É neste andar que é possível visitar o escritório de Gustave Eiffel, totalmente restaurado.

Além de contar com 2 restaurantes. Um deles funciona somente por reservas super antecipadas, o badalado Les Jules Verne do chef Alain Ducasse, ideal para aqueles que buscam o requinte da cozinha francesa com uma vista incrível, claro que com valores bem mais altos.

SUBIR A TORRE EIFFEL até o topo – 3º andar

Se o céu está limpo, é uma das vistas mais incríveis de Paris. Mas apesar de você estar na Dama de Ferro, você sentirá falta dela na paisagem. A subida é impressionante e você terá uma sensação real de altura. Para quem tem problemas de tontura, subir até o topo não é tão aconselhado. Para chegar ao topo, você deve primeiro pegar o elevador para o 2º andar, chegando lá outro elevador o levará ao topo. 

Vista dos pés da Torre

Lá no topo você encontrará um bar que serve apenas champanhe. Clichê, mas perfeito para coroar esse momento de curtir a paisagem parisiense.

vista de Paris
Último andar da Torre vista do alto

Dicas para aproveitar melhor a sua visita

  • Aproveitar o pôr-do-sol do alto da torre é incrível, mas também é bem concorrido, então garanta o seu lugar “ao sol” no fim da tarde.
  • Toda a região no entorno da torre também oferece uma linda vista e oportunidades para fotos clássicas em Paris. Além de ser uma boa opção para os apaixonados de plantão, já que todos os anos, turistas do mundo todo aproveitam a paisagem mais apaixonante do mundo para surpresas românticas e pedidos de casamento.
  • Apesar da compra dos ingressos online facilitar na hora de evitar as grande filas nas bilheterias, ainda é preciso encarar as filas dos elevadores. Um modo de evitá-las e possuir reservas em um dos restaurantes da torre, já que os mesmo possuem elevadores de acesso direto, depois é só comprar os ingressos complementares, pagando um pouquinho a mais.
  • Existe um percurso durante a visita a torre chamado “Descobertas”, que reúne informações e curiosidades sobre a história e construção da torre, além de uma exposição com todos os posters de filmes onde a torre serviu como cenário.
  • A região é uma das mais caras da cidade, então se resolver economizar, uma boa opção de alimentação seria um tradicional piquenique nos gramados do Campo de Marte. Sim… é clichê, mas é charmoso e econômico.

Curiosidades históricas da Torre Eiffel

  • Hoje, a Torre Eiffel é um símbolo do estilo de vida francês no mundo. É um monumento que leva consigo a identidade do país onde quer que seja, mas que nem sempre foi algo apreciado pelos franceses.
  • Tendo sua beleza e utilidade muito discutida através dos anos, o monumento já despertou o ódio e a discórdia dos franceses, que acreditavam que a estrutura ia contra o bom gosto francês e contra a beleza da região às margens do rio Sena.
  • Atualmente, a Torre Eiffel é o monumento com entrada paga mais visitado do mundo, com cerca de 7.1 milhões de visitantes por ano. E é também o monumento com maior quantidade de réplicas pelo mundo. Suas cópias estão por lugares como Las Vegas, Sucre na Bolívia, Tóquio,  Hangshou na China, Urais na Rússia, Calcutá na Índia e Naqura no Líbano.
  • Os nomes de setenta e dois cientistas, engenheiros e outros franceses notáveis estão gravados na estrutura da Torre, em reconhecimento a suas contribuições a sociedade. O gesto foi proporcionado a pedido do próprio Gustave Eiffel.
  • Estas gravações foram cobertas no começo do século XX, e restauradas em 1986-1987 pela Société Nouvelle d’exploitation de la Tour Eiffel.
  • Em 2014 a Torre Eiffel recebeu diversas melhorias visando a.melhor utilização dos recursos necessário para o seu funcionamento. Também passou a produzir parte da energia de que precisa para funcionar, além de melhores recursos de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida.
  • A Torre começou a ser equipada com pequenas turbinas eólicas, painéis solares e um mecanismo para aproveitar a água da chuva.
  • A Torre Eiffel foi o símbolo utilizado na candidatura da França para sediar os Jogos Olímpicos de 1992. E é o símbolo das Jogos Olímpicos de 2014.

Quando é a melhor época para visitar a Torre Eiffel?

Muitas vezes me fazem essa pergunta e minha resposta é sempre a mesma. Não há bons e maus momentos para visitar a Torre Eiffel. Por ser o monumento mais visitado do mundo, sempre tem gente. No entanto, com as filas impressionantes e quilométricas no local, podendo chegar a mais de duas horas, pensar em evitar a fila é essencial. Mas a melhor maneira de obter sucesso com sua visita na minha opinião é comprar seu ingresso antecipado ou uma visita guiada para não perder nenhum detalhe desta obra esplêndida.

Foto Shutterstock | De Birute Vijeikiene

quanto custa subir na torre eiffel?

Os valores dos ingressos Torre Eiffel variam de acordo com os andares visitados, sendo que quem visita os andares mais altos pode acessar os pisos inferiores com o mesmo ingresso. Explicando melhor, os ingressos para o terceiro andar dão acesso também para o segundo e ao primeiro e assim por diante.

Abaixo estão as tarifas padrão em vigor (sujeitas a alterações) se comprar seus ingressos no dia da sua visita ou através do site oficial do monumento. As tarifas abaixo são as da bilheteria oficial:

Tarifa Adulto Tarifa Jovens
(de 12 à 24 anos)
Tarifa Infantil
(de 4 à 11 anos)
/ Deficientes
Tarifa Infantil
(menos de 4 anos)
Ingresso Elevador
2ºandar
16,30€ 8,10€ 4,10€ Gratuito
Ingresso Elevador
Topo
25,50€ 12,70€ 6,40€ Gratuito
Ingresso Escada
2ºandar
10,20€ 5,10€ 2,50€ Gratuito
Ingresso Escada + Elevador
Topo
19,40€ 9,70€ 4,90€ Gratuito

*Se estiver no celular, mova a tabela com o dedo.

Caso compre somente para os andares mais baixos e no meio do passeio pintar aquela vontade de subir ao topo, existe a possibilidade de comprar um ingresso complementar para o último andar.

Atenção

O número de ingressos vendidos no site oficial é limitado. Muitas vezes é difícil conseguir comprar os ingressos para o dia que você quer. Mas não entre em pânico! Existem outras soluções e que permitem comprar ingressos para a Torre Eiffel e furar a fila. Você pagará um pouco mais caro, mas é o preço que se paga para visitar o monumento mais conhecido do mundo. Sem falar que é muito conveniente e você não perderá tempo na fila da bilheteria.

Como comprar ingressos antecipados para a Torre Eiffel?

Uma triste realidade em visitar a Torre Eiffel é que perdemos muito tempo nas filas. Então se você não comprar seus ingressos com antecedência, terá que enfrentar a fila. Dependendo do dia, você poderá ter que esperar várias horas antes de conseguir subir. E eu falo de umas 3h de fila, facilmente. Como é o ponto turístico de Paris mais visitado (e do mundo também!), você nunca estará sozinho. Então o melhor a fazer é comprar o ingresso Torre Eiffel com antecedência e furar a fila.

VISITA GUIADA na Torre Eiffel

Se você gosta de história e quer conhecer tudo sobre o monumento, é possível fazer uma visita guiada na Torre Eiffel. Uma visita guiada à Torre torna uma lembrança ainda mais memorável. Eu já fiz 3 visitas guiadas nela e adorei todas. Alguns tipos de visitas guiadas:

Combinar a Torre Eiffel com outras atrações turísticas de Paris também é um ótimo meio de otimizar o seu tempo e economizar. E para a nossa alegria não faltam opções de passeios por Paris.

SEGURANÇA

Da saída do metrô até a entrada da Torre Eiffel, você certamente terá muitas solicitações. Vendedores de souvenirs, bebidas frescas, petições falsas, jogadores (apostas na rua) … não se deixe enganar! Tenha cuidado também com as pessoas que se voluntariam para tirar uma foto com seu smartphone ou câmera valiosa. Não confie a ninguém! Os carteiristas provavelmente agirão tão bem nas proximidades do monumento quanto nos pisos . Cuidado com seus pertences e não se distraia!

horário de funcionamento da Torre Eiffel

A Torre Eiffel nunca fecha … ou quase:  abre todos os dias do ano, exceto no dia 14 de julho. No entanto, é provável que os horários mudem a qualquer momento. Em caso de alta frequência ou devido ao clima, o acesso ao cume pode ser interrompido.

  • Acesso por elevador: aberto das 9h30 às 23h45 (último acesso ao monumento às 23h00 e 22h30 para o cume). Em julho e agosto, a Torre permanece aberta das 9h00 às 00h45 (último acesso à meia-noite).
  • Acesso por escada: aberto das 9h30 às 18h30 (último acesso às 18h). Nos meses de julho e agosto, aberto das 9h às 00h45 (último acesso à meia-noite).

Como chegar na Torre Eiffel? 

Assim como em várias outras atrações em Paris, a melhor forma de chegar a Torre Eiffel é utilizando o metrô. O Monumento se encontra no centro da cidade e está rodeado por diversas estações de metrô e pontos de ônibus bem próximos a ela.

Endereço: Champ de Mars, 5 Avenue Anatole France – 75007 – Paris

Linha 6 do metrô de Paris Bir-Hakeim

Os meios de transporte para chegar na Torre Eiffel são numerosos e variados:

  • Estação de metrô Trocadéro (linhas 6 e 9), Bir Hakeim (linha 6) ou Escola Militar (linha 8). 
  • Estação RER Champ de Mars / Tour Eiffel (linha RER C) 
  • Linhas de ônibus 30, 42, 69, 82 e 87 até a parada Champ de Mars ou Torre Eiffel
  • Estações de Vélib também estão à sua disposição
  • Batobus : parada na Torre Eiffel
  • Carro : o estacionamento mais próximo é o Musée du Quai Branly
Carrossel na Torre

Meu conselho:

Eu recomendo chegar na Torre Eiffel pela estação de metrô Trocadéro (linhas 6 e 9). Você poderá fazer todas as fotos clichês com a Torre Eiffel à partir da esplanada. Sem falar que é uma visão a não perder! Ideal para fotos de selfies e lembranças! Depois é só ir caminhando (cerca de 10 minutos) até a Dama de Ferro.

Simplesmente inesquecível e indispensável para qualquer um que visitar Paris, a Torre ocupa um espaço especial nos corações daqueles que a conhecem. Não importa a época do ano, visitar Paris e não visitar a Torre é um pecado sem igual. Mas pra dizer a verdade, quem resiste a uma foto com este cenário não é mesmo?


FILAS? NUNCA MAIS! INGRESSOS PARA SUA COMODIDADE


Se você fizer sua reserva através dos links aqui do Vou pra Paris, eu ganho uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar o Vou pra Paris a continuar escrevendo ótimas dicas de Paris para você. Obrigada!

;

;

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Assine o Vou Pra Paris
Receba todas as novidades do Vou pra Paris direto no seu email.
Você pode cancelar quando quiser

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy