Museu do Louvre | Tudo o que você precisa saber

0

Um dos pontos turísticos mais famosos de Paris, o Museu do Louvre, não pode ficar de fora do roteiro de quem está passando pela cidade. Com aproximadamente 380 mil itens em exposição, o Louvre é o maior museu do mundo. As exposições abarcam obras desde o Egito Antigo até a metade do século XIX, divididas em mais de 400 salas, que ficam num espaço de quase 73.000 m².

Já deu pra perceber que, mesmo que você tivesse um dia inteirinho dentro do museu, seria bastante improvável conseguir ver tudo, não é? Assim, a fim de lhe ajudar na organização da sua visita ao Museu do Louvre, separei aqui as informações mais importantes para você saber antes da sua visita. Você encontrará também uma lista com as principais obras do museu, caso você queira incluí-las no seu passeio.

Museu do Louvre em paris

O Museu do Louvre é, obviamente, imperdível! Se você gosta de museus e nunca teve a oportunidade de visitar, seja bem-vindo ao paraíso. O Louvre continua sendo uma fonte incrível de admiração! Vou explicar como preparar a sua visita e furar a fila dos ingressos, para otimizar melhor a sua visita e poupar tempo e dinheiro.

Louvre visto da janela

O Louvre em poucas palavras …

Quanto custa a entrada para o Museu do Louvre?

Atualmente (2019), a entrada do Louvre custa 17 euros. Mas se você quiser furar a fila que pode chegar a mais de 2h, você pode comprar o ingresso antecipadamente por 20 euros. 3 euros a mais que te poupam tempo e humor.
.

Quantas pessoas visitam o Museu do Louvre por ano?

Em 2018, 10,2 milhões de pessoas visitaram o Museu do Louvre em Paris. Isso explica as longas filas para entrar e comprar o ingresso. Você pode comprar o ingresso antecipadamente e furar a fila. Se preferir Furar a Fila com Guia de Áudio ou ainda fazer um tour guiado no Louvre em Português.
.

Quantas obras têm no Museu do Louvre?

Mais do que um museu, é um tesouro. Mais de 500.000 obras compõem a coleção do museu. Mas “apenas” 35.000 estão expostas ao público. E para ver as 35.000 obras gastando apenas 30 segundos na frente de cada uma, levaria um pouco mais de 12 dias sem dormir!
.

Quais são as obras mais famosas do Museu do Louvre?

Entre as obras mais famosas do Museu do Louvre estão: a Mona Lisa, a Vênus de Milo, a Jangada da Medusa, o Código de Hammurabi, os Touros Alados e a Coroação de Napoleão.
.


LEIA TAMBÉM :


História do Museu do Louvre

O local que abriga hoje o Museu do Louvre foi, na verdade, construído para ser um forte para proteger Paris. Assim, em 1190, o Rei Filipe II determinou que fosse feita a construção de uma fortificação a fim de proteger um dos locais mais frágeis na época, à beira do Rio Sena.

Inicialmente o prédio não era uma residência real, e sim uma fortaleza da guarnição. Da mesma forma, não estava localizado no centro da cidade – como é atualmente. O Louvre serviu ainda como prisão para pessoas importantes, como o Conde de Flandres.

Prédio e pirâmide do Louvre

Com o crescimento urbano se desenvolvendo no entorno do prédio do Louvre, ele perdeu seu intuito de defesa. Após a Guerra dos Cem Anos, os reis continuaram a morar fora de Paris, indo à capital ocasionalmente. Até que no reinado de François I (1515-1547), o monarca declarou em 1528 que o Louvre seria sua residência principal.

Luis XVI mudou-se para o Palácio de Versalhes em 1682, deixando o Louvre para exibir a coleção real. O local tornou-se oficialmente um museu em agosto de 1793, com uma exposição de 537 pinturas.

Pirâmides do Louvre

Assim como o Museu do Louvre faz muito sucesso visitado por dentro, não perca o seu exterior. A pirâmide do Louvre é um monumento original que é o charme de Paris. Observe também que o Jardin des Tuileries, localizado ao lado, pode permitir um agradável piquenique no verão ou uma simples visita.

Pirâmide do Louvre
Foto Shutterstock | De Alessandro Colle

Importante mencionar que, as famosas pirâmides foram construídas “recentemente”.  A grande pirâmide e seu átrio subterrâneo foram inaugurados em outubro de 1988. Já a pirâmide invertida (que fica dentro do museu), foi concluída apenas em 1993. Hoje, a pirâmide que fica ao lado de fora é a entrada principal do museu, e um dos cartões postais da cidade!

O que você deve saber antes de visitar o Museu do Louvre?

Primeiramente, para que você aproveite ao máximo a sua visita ao Museu do Louvre, você tem que ter em mente que comprar a entrada antecipadamente é necessária. A não ser que você não se importe em ficar mais de duas horas na fila.

É interessante também que você tenha uma ideia de como o museu está disposto. Ou seja, quantos andares e quantas alas existem por lá. Para isso, sugerimos que você baixe o mapa do museu, assim pode se ambientar mais facilmente quando estiver lá. De maneira geral, o Museu do Louvre está dividido em 3 alas (Sully, Denon e Richelieu), 5 níveis de andares (-2, -1, 0, 1 e 2) e diversas salas em cada andar.

Além disso, atente-se a outras duas questões: calçados e mochilas! Calçados, porque obviamente você irá andar muito pelo museu, então use um calçado confortável. Já quanto às mochilas, fique atento ao tamanho delas, já que no museu não é permitido entrar com bolsas maiores que 55 x 35 x 20 cm. Caso precise, existem guarda-volumes gratuitos que você pode utilizar.

Por fim, é importante que você saiba que no local há praça de alimentação, cafés e restaurantes. Portanto, é possível se alimentar lá dentro. O preço lógico que fará jus ao lugar, mas mesmo assim você encontrará boas opções para o seu orçamento. O museu também disponibiliza wifi gratuito aos visitantes, mas que nem sempre está disponível em todos os setores do edifício. Tem algumas alas bem escondidas.

Como visitar o museu do louvre?

Para visitar o Louvre, sugerimos que você se atente por qual entrada irá ingressar no museu. Isso porque a entrada principal – e mais famosa – é a entrada pela pirâmide (que fica ao centro do museu). Obviamente que é a entrada mais concorrida e a que tem mais filas. Algumas vezes as filas são tão grandes, que os visitantes chegam a esperar por cerca de 3 horas para entrar no museu! Mas você pode comprar o ingresso antecipadamente e furar a fila.

Fila do Museu do Louvre
Foto Shutterstock | De A. Aleksandravicius

Por isso, sugerimos que você ingresse pela entrada Carrousel, que fica na Rue de Rivoli, nº 99. Ali, você irá passar por um pequeno shopping e chegará ao subsolo (-2) onde fica a pirâmide invertida. Por lá, você já avistará a bilheteria e o acesso para uma das três alas: a sua frente estará a ala Sully, a sua direita a ala Denon e a sua esquerda a ala Richelieu.

Pirâmide invertida do Louvre

.

Nesse ponto é muito importante que você tenha em mãos o mapa do museu. Acredite, você provavelmente se sentirá perdido lá dentro! Além disso, para aproveitar ainda mais seu passeio, você também pode baixar o audioguia do museu no seu celular. O aplicativo chama-se My Visit to the Louvre e o audioguia custa 0.99 Euros. Se você não quiser baixar o aplicativo, há possibilidade de comprar ingresso da visita com guia de áudio incluso.

Quando você terminar a sua visita ao Museu do Louvre, tente sair pela Pirâmide (já que você não entrou por ela). Para isso, desça até o andar -2 e você logo encontrará a pirâmide invertida que viu quando entrou. Aí basta pegar a escada rolante que fica abaixo da pirâmide externa e subir até o térreo. Uma vez lá fora, você pode aproveitar e tirar as clássicas fotos com a belíssima pirâmide do Louvre!

Quais são as obras imperdíveis?

Em um museu tão grande e tão rico como o Louvre, fica até difícil escolher uma pequena lista de obras imperdíveis. Mas, vamos listar algumas opções de obras mais famosas para lhe ajudar no seu roteiro. Para isso, organizamos as obras de acordo com o andar e ala em que elas estão situadas.

Andar -1

  • Ala Richelieu: aqui a dica é apreciar a escultura dos Cavalos de Marly, na sala 102.
  • Ala Sully: você pode conferir as fundações do Louvre da época medieval, na sala 133.
  • Ala Denon: vale a pena conhecer a escultura de Maria Madalena, na sala 169.

Andar 0 (Térreo)

  • Ala Richelieu: aqui estão as gigantescas esculturas dos Touros Alados, na sala 229. Nessa ala também fica o famoso (entre os juristas) Código de Hamurabi, na sala 227.
  • Ala Sully: nessa ala encontra-se a famosa escultura da Vênus de Milo, na sala 345. Ainda na ala Sully você pode ver uma Múmia de um homem, na sala 322.
  • Ala Denon: por essa ala vale conferir a escultura Psique Reanimada pelo Beijo do Amor, que fica na sala 403.

Andar 1

  • Ala Richelieu: por aqui você poderá conhecer os apartamentos de Napoleão III, (sobrinho de Napoleão I) nas salas 82 a 87.
  • Ala Sully: nessa ala está a escultura egípcia do Escriba Sentado, na sala 635.
  • Ala Denon: aqui você irá se deparar com a imponente escultura da Vitória de Samotrácia, na sala 703. É nessa ala que também fica a obra mais famosa do museu, a pintura de Mona Lisa, na sala 711.

Mona lisa

A “Mona Lisa”, obra icônica do Louvre, foi excepcionalmente transferida em 16 de julho 2019 para a Galeria Médicis – sala 801 – uma das mais amplas do museu. A pintura ficará nesta sala até outubro.

Andar 2

  • Ala Richelieu: aqui há uma pintura bastante famosa chamada Gabrielle d’Estrée e uma de suas irmãs, está na sala 824.
  • Ala Sully: outra pintura bem famosa está na Ala Sully, trata-se do Retrato de Luís XIV, na sala 919.

Dicas para visitar o louvre

Se você está com o tempo muito apertado, ou seja, tem menos de 3 horas para “conhecer” o museu, sugiro que você foque no primeiro andar, que é onde estão as obras mais famosas, como a Mona Lisa e a Vitória de Samotrácia.

Depois você pode descer até o Térreo e conferir as obras como a Vênus de Milo, os Touros Alados e a Múmia. Parece que em 3 horas você terá tempo para ver tudo isso tranquilamente, não é? Mas não se esqueça de que essas são as obras mais famosas, o que significa que a maioria dos turistas irá querer apreciá-las e tirar uma foto com elas.

Monalisa no Louvre

Além disso, a quantidade de esculturas, obras e artefatos espalhados pelo museu fazem qualquer um parar por alguns minutos para admirá-los. Isso quer dizer que, no seu trajeto pelo Museu do Louvre, você provavelmente irá parar diversas vezes para ver uma pintura ou escultura que não estavam no seu planejamento!

Outra dica para poupar tempo é percorrer o museu por “alas” e não pode “andares”. Dependendo das obras que você quiser conhecer, é mais fácil você subir ou descer um andar, do que percorrer as imensas alas de cada andar. Por isso, frisamos de novo a importância de você dar uma olhada no mapa e ter em mente quais obras gostaria de ver!

Escada da Vitória de Samotrácia
Foto Shutterstock | De zefart

Qual é a melhor entrada para o museu do louvre?

O Museu do Louvre tem três entradas: a pirâmide , o Carroussel e a passagem Richelieu. Se você não comprou os ingressos com antecedência, terá que utilizar a entrada da pirâmide e enfrentar a fila ou a entrada do Carrossel.

Escada de entrada do Museu do Louvre

Se você comprou o ingresso com antecedência ou se possui o Paris Museum Pass, você se beneficia de uma fila prioritária na entrada da Pirâmide. Você também pode utilizar a entrada da passagem Richelieu, que  permite o acesso a visitantes que já estejam com o ingresso e para grupos.

Quanto tempo para visitar o Museu do Louvre?

Esta é uma pergunta que surge muito regularmente. Eu mesma, nas minhas visitas, nenhuma é igual a outra. Não há uma resposta real e certeira. De fato, tudo depende do que você deseja ver. Você pode passar duas horas dentro e sair bem feliz, como pode passar um dia inteiro e retornar nos dias seguintes. A resposta certa é aquela que lhe convêm. Quanto tempo você tem disponível para visitar o Louvre.


Leia também :


Visitando o Museu do Louvre sozinho

Muitos são os turistas que andam com um simples guia de Paris nas mãos. E muitos turistas se perdem e passam muito mais tempo do que o necessário para se orientar. Eu fui uma dessas por anos, mas graças a isso, hoje em dia me viro dentro do Louvre sem mapa. Mas como esse não é o seu caso, se você não quiser uma visita guiada em português ou visita com guia de áudio, equipe-se com o mapa do museu assim que chegar.

Foto Shutterstock | De bookzv

Você vai demorar um pouco até conseguir entendê-lo, mas você sempre pode pedir ajuda. Você já pode ir olhando o mapa do Louvre aqui para se tornar íntimo. Esse é em inglês, mas no Louvre você encontrará em português.

Visita do Louvre com um áudio-guia

O famoso guia de áudio não é uma recusa! Se você prefere aproveitar sua liberdade enquanto  desfruta de um acompanhamento discreto, essa é obviamente a solução. Você pode comprar o seu ingresso + guia de áudio. O mais incrível é que o guia de áudio é nada mais nada menos do que um Nintendo 3DS XL! Um sistema ultramoderno que permite que você esteja permanentemente localizado e oferece o caminho mais curto para chegar aonde deseja.

Visitas guiadas

Existem muitos tipos de visitas guiadas no Museu do Louvre. Tente encontrar o tipo de visita guiada que você deseja. Isso evitará decepções. De fato, existem passeios “clássicos” para descobrir as obras mais famosas do museu, mas também existem visitas guiadas ultra-especializadas em muitos temas. Alguns tipos de visitas guiadas :

Uma visita guiada é uma ótima maneira de descobrir o museu sem se perder! O Louvre, por seu tamanho, pode ser bastante confuso. Eu já fiz 7 visitas guiadas dentro do Louvre e posso dizer que elas foram ótimas para otimizar o meu tempo e para eu sair do museu com a certeza que estava mais culta.

Quanto custa o ingresso para visitar o Louvre

O preço de um bilhete de tarifa completa é de 17 euros (comprado na hora). No entanto, com as filas impressionantes e quilométricas no local, podendo chegar a mais de duas horas, pensar em evitar a fila é essencial. Pense em comprar o ingresso antecipadamente e fure a fila. Ele custa 20 euros (três euros a mais) e te dá direito a entrada prioritária.

Fila na frente da pirâmide

Comprar os ingressos com antecedência vai fazer você poupar muito tempo para ver o museu com mais calma, mais obras ou é um tempo que você poderia estar vendo outro museu, compras, restaurante. A taxa é de apenas 3 euros, mas você obtém acesso rápido e fura a fila. Não compre ingressos na rua ou pessoas não identificadas.

O Museu do Louvre é gratuito para crianças e menores de 18 anos. De 18 anos – 25 anos para quem tem passaporte europeu.

O Louvre tem acesso gratuito para as seguintes pessoas:

  • para todos no 1° sábado de todos os meses do ano, a partir das 18h;
  • para menores de 18 anos em qualquer dia;
  • para pessoas de 18 a 25 anos de qualquer nacionalidade mas que sejam residentes na União Europeia;
  • para pessoas com deficiência e um acompanhante em qualquer dia;
  • para menores de 26 anos de qualquer nacionalidade às sextas-feiras após às 18h;
  • para todos no dia 14 de Julho.

Horário de funcionamento do museu do Louvre

O Museu do Louvre está fechado às terças-feiras, bem como 1º de janeiro, 1º de maio, 8 de maio e 25 de dezembro. Nos outros dias o Museu do LOuvre está aberto das 9h às 18h. Às quartas e sextas-feiras, o Louvre permanece aberto à noite até 21h45.

Meu conselho: se puder, os melhores dias para visitar o museu são às segundas e quintas-feiras. De fato, devido ao fechamento da terça-feira, a quarta-feira costuma ser popular. Nos fins de semana, ele lota (como já era de se esperar). Da mesma forma, prefira uma visita de manhã logo que o museu abre ou no final da tarde.

Como chegar ao Museu do Louvre? 

Localizado no 1ère arrondissement, bem no centro de Paris, o Museu do Louvre é muito fácil de acessar:

  • Metrô : estações Palais-Royal / Louvre (linhas 1 e 7) e Pyramides (linha 14)
  • Ônibus: 21, 24, 27, 39, 48, 68, 69, 72, 81 e 95
  • Batobus: parada do Louvre, quai François Mitterrand
  • Estacionamento nas proximidades: um estacionamento subterrâneo é acessível pela Avenue du Général Lemonier

Endereço: 99 rue de Rivoli – 75001 – Paris


FILAS? NUNCA MAIS! INGRESSOS PARA SUA COMODIDADE


  • Reserve seu hotel em Paris & no Mundo no Booking.com (sem taxa de reserva e a maioria dos hotéis oferece cancelamento grátis)
  • Compre seu Seguro Viagem na Real Seguros (faz cotação em 10 ótimas seguradoras)
  • Compre seus Ingressos para atrações e passeios em Paris e na Europa com a Get Your Guide

Se você fizer sua reserva através dos links aqui do Vou pra Paris, eu ganho uma comissão, mas você não paga nada a mais por isso. Essa é uma forma de apoiar o Vou pra Paris a continuar escrevendo ótimas dicas de Paris para você. Obrigada!

;

;

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Assine o Vou Pra Paris
Receba todas as novidades do Vou pra Paris direto no seu email.
Você pode cancelar quando quiser

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy