Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

0

Visitar o Mont Saint-Michel em 1 dia é possível? Muitas pessoas querem conhecer o Mont Saint-Michel, mas não sabem exatamente como ir ou não tem dias suficientes disponíveis na viagem. Eu sempre digo, que o Mont Saint-Michel merece uns 2 dias, para conhecer o Monte e a Baía com calma. Mas se você não tem esse tempo disponível, você pode sim visitar o Mont Saint-Michel em 1 diaÉ um ótimo passeio bate-volta desde Paris

O Mont Saint-Michel está localizado a cerca de 4 horas de Paris. Lógico que isso depende de onde você está e do modo de transporte que você for utilizar. Eu já visitei o Mont Saint-Michel várias vezes. Já fui de carro saindo de Paris e também já fiz bate-volta da Bélgica. Já fiquei alguns dias na região, já fui de trem e esta última vez fui de ônibus com a PARISCityVISION e gostei muito.

;

;

ÍNDICE

  • Um lugar mergulhado na história
  • A baía do Mont Saint-Michel 
  • Como chegar ao Mont Saint-Michel?
  • Como é a visita ao Mont Saint-Michel?
  • Horário do Mont Saint-Michel

  • Onde comer no Mont Saint-Michel?
  • Onde ficar no Mont Saint-Michel?
  • Quando é a melhor época para visitar o Mont Saint-Michel?
  • Visite o Mont Saint-Michel saindo de Paris
  • Como ir ao Mont Saint-Michel?
  • Quanto custa o estacionamento no Mont Saint-Michel?

.

.

Mont Saint-Michel em 1 dia | Bate-volta de Paris

;

Para os turistas, é um lugar mítico. O Mont Saint-Michel é o terceiro lugar mais visitado na França depois da Torre Eiffel e do Palácio de Versalhes. Os números falam por si só, o Mont Saint Michel atrai mais de 3,5 milhões de visitantes todos os anos. É também Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1979. É um local único, com uma paisagem em mudança, às vezes cercada por areia, às vezes tomada pela água. 

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

Foto: Shutterstock | De Kanuman

.


LEIA TAMBÉM :


;

;

Um lugar mergulhado na história

Segundo dizem as lendas, o Arcanjo São Miguel ordenou que o Bispo de Avranches – Aubert construísse um santuário no Monte Tomé, uma ilha rochosa no meio de uma enorme baía. Por 1000 anos, as construções não tinham fim, sempre mais bonitas e sempre ousadas para se tornar o que conhecemos hoje. Mosteiro, local de peregrinação, prisão, … o Mont Saint-Michel experimentou várias épocas e utilidades.

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

Construído no século VIII, o Mont Saint-Michel fascina com sua arquitetura e atrai muitos peregrinos. Desde a sua criação, o Monte Saint-Michel fascina pelo seu caráter religioso, que ainda é muito forte. Para muitos visitantes o Monte continua sendo um lugar muito espiritual.

;

;

A BAÍA DO MONT SAINT-MICHEL 

A Abadia sem nenhuma dúvida é a queridinha dos visitantes, mas o Monte tem outras maravilhas para oferecer. E a maior delas na minha opinião é visitar o Mont Saint-Michel nos dias de Grand Maré. Não tem palavras que descrevam a emoção em ver o Mascaret chegando (a primeira onda que chega ao Monte).

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

Foto: Shutterstock | De Max Topchii

A terra ao redor do Mont Saint-Michel oferece vistas extraordinárias quando a maré está baixa. Tenha cuidado se você se aventurar. O Monte é famoso por suas variações de maré, as águas chegam a um ritmo incrível, tão rápido quanto um cavalo galopante.

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de ParisMont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de ParisMont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

O Mont Saint-Michel está localizado no coração de um ambiente excepcional. Com efeito, a baía do Mont Saint-Michel tem as maiores marés da Europa, que transformam as paisagens duas vezes por dia. Venha e veja as grandes marés e admire o espetáculo que a natureza lhe oferece!

>> Confira aqui os horários das Grandes Marés

;

Este fascinante espetáculo pode, no entanto, ser perigoso: é proibido aventurar-se sozinho na baía. A baía não é feita apenas de areia! Você perceberá rapidamente que a baía está viva e habitada. Areias movediças, peixes e pássaros vivem em harmonia na baía. A maneira ideal de descobrir a baía com segurança é aproveitar os muitos itinerários guiados propostos  perto do monte e da sua baía.

;

;

Como chegar ao Mont Saint-Michel?

Antigamente dava para chegar na frente do portão do Monte de carro. Mas desde que a construção da nova ponte que foi inaugurada em 2013, não é mais possível. Agora existem outras maneiras de chegar lá.

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

  • A pé : uma maneira única de descobrir as paisagens da baía e chegar no Mont Saint-Michel é fazer o passeio pela baía. Você vai terminar o seu passeio, seja qual for o caminho percorrido, pela passarela que atravessa a baía com o Mont Saint-Michel. Somente essa caminha dá uns 30 minutos. Mas a paisagem é tão linda que você nem vai notar.
Se planeja chegar a pé, primeiro pergunte sobre as marés. É importante prestar muita atenção ao horário das marés, pois é extremamente perigoso aventurar-se na baía quando a água está subindo. Durante os dias de maré alta, os visitantes devem atravessar duas horas antes das marés. Observe também que andar pela baía é melhor feito com os pés descalços.

.

  • De carro : Se chegar de carro, estacione no estacionamento que fica no continente, a dois quilômetros e meio do Monte Saint-Michel. Do estacionamento, um ônibus (que falo abaixo) leva os visitantes a 400 metros dos portões de entrada para o Mont Saint-Michel.
  • De ônibus : para aqueles que não desejam chegar ao Mont Saint-Michel a pé, o ônibus é a melhor opção. O ônibus, chamado “Le Passeur” , sai da Place des Navettes e é gratuito e é acessível a pessoas com mobilidade reduzida. E te deixa na porta do Mont Saint-Michel.
  • De Charrete“The Maringote”  é uma charrete e é puxada por dois cavalos. É meio polêmico, já que é você que vai escolher o melhor para você. Nós vimos charretes com 10-20 pessoas sendo puxadas por dois cavalos e achamos que isso era demais. Ainda mais no verão escaldante. Sendo assim nós encorajamos os leitores a pegar o transporte gratuito com o ônibus através da ponte, ou mesmo a andar!

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

;

;

Como é a visita ao Mont Saint-Michel?

Assim que você chegar ao Monte, você passará pelas muralhas. Estas fortificações foram construídas para defender o Monte e a Abadia durante os 100 anos de guerra. É quase que uma jornada espiritual para o mundo da Idade Média. Um fato ótimo é que todo o Monte é uma zona somente para pedestres.

A maioria dos edifícios de pedra datam dos séculos XIII-XVI, uma verdadeira jóia.  Atravesse a Porte du Roi. As imensas muralhas de pedra circundam todo o Monte e apresentam muralhas que foram usadas para combater invasores.

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

Não deixe de apreciar belos panoramas da Baía de Saint-Michel de vários pontos do Monte. As ruas de paralelepípedos do Monte são bem íngremes, então se prepare para cansar (mesmo se você for preparado fisicamente). O melhor a fazer é subir diretamente para a Abadia, e fazer as paradas no caminho de volta.

A vista da Abadia é maravilhosa. Os turistas entram no Monte Saint-Michel na antiga sala de guarda de Burgher, que agora abriga o Posto de Turismo. Logo depois atravessam o Portão do Boulevard e depois o Portão do Rei para chegar à Grande Rue.

;

;

Grand Rue

A Grand Rue é a única rua “oficial” do Monte. Esta rua encantadora é ladeada por casas de pedra dos séculos XV e XVI, que agora são ocupadas por lojas de souvenirs, lanchonetes, cafés, restaurantes e hotéis, incluindo o famoso La Mère Poulard. Para aqueles que não sabe, a Mère Poulard é uma cozinheira francesa que criou sua pousada no Mont Saint-Michel em 1888.

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

Ela é bem conhecida em todo o mundo por seus biscoitos e seu famoso omelete. De fato, os viajantes/peregrinos que atravessaram a baía eram dependentes das marés. E ela, que mantinha a lareira sempre acesa, conseguia cozinhar para aquecê-los e confortá-los.

E assim nasceu sua famosa omelete. Logo em seguida os turistas passarão pela igreja paroquial do século 15 dedicada a São Pedro. A Grand Rue termina no Grand Degré (na grande escadaria) que leva à entrada da Abadia de Saint-Michel.

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

;

;

visita da Abadia

Conhecida como “La Merveille” (“A Maravilhosa”), a Abadia do Monte Saint-Michel é verdadeiramente uma maravilha da arquitetura medieval. Desde a Idade Média, este último local de peregrinação também tem sido chamado de “A Jerusalém Celestial” e “Pirâmide dos Mares”. Com uma altura de 155 metros acima do mar, a abadia é uma incrível obra arquitetônica.

É ainda mais incrível e milagrosa, considerando as dificuldades de trazer materiais de construção através da Baía de Saint-Michel. Muitos morreram enquanto tentavam atravessar as costas arenosas da baía. Apesar dos grandes desafios técnicos, a abadia foi construída entre os séculos XI e XIII em requintado estilo gótico.

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

Para chegar à abadia, os visitantes e peregrinos devem começar pelos antigos portões, percorrer a aldeia e subir 200 metros. Depois, tem ainda os 350 degraus do “Grande Degré” para chegar à entrada da abadia. O andar mais baixo tem jardins tranquilos e um salão espaçoso chamado  “Aumônerie”, que era um dormitório para peregrinos no século XIII.

No andar intermediário está a abobada Salle des Chevaliers , onde cavaleiros nobres foram recebidos, e a “Crypte des Gros Piliers”(Cripta dos Grandes Pilares). A área mais magnífica da abadia é no segundo andar: o Claustro, o Refeitório e a Igreja da Abadia.

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

Com uma arquitetura monástica serena, os claustros apresentam 220 graciosas colunas de granito em linhas duplas alternadas. A esplêndida Eglise Saint-Michel, iniciada em 1020, tem uma majestosa nave românica e um coro gótico ornamentado do século XV. O santuário surpreende os visitantes com sua beleza de tirar o fôlego e ambiente espiritual inspirador.

Da igreja da abadia, o “Escalier de Dentelle” leva até um terraço com vistas espetaculares sobre o mar. Depois da visita da Abadia, comece descendo calmamente e aprecie cada esquina do Monte. Descubra os seus museus, cemitério e ruelas escondidas.

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

~.

Acessibilidade: A Abadia do Mont Saint-Michel não é acessível a visitantes com mobilidade reduzida. Há um caminho pedestre de 200 metros até o topo do monte e depois uma escadaria de 350 degraus. Vale para carrinhos de bebê também.

;

;

Horário do Mont Saint-Michel

  • O Mont-Saint-Michel está aberto todo o ano
  • De 2 de maio a 31 de agosto, a abadia está aberta das 9h às 19h (última entrada às 18h).
  • De 1º de setembro a 30 de abril, está aberto das 9:30 às 18:00 (última entrada às 17:00).

;

A Abadia do Mont-Saint-Michel está fechada em 1 de janeiro, 1 de maio e 25 de dezembro.

– Preço integral: 10 €
– Cidadãos da UE entre 18 e 25 anos: grátis
– 18-25 cidadãos não comunitários: 8 €
– Menores de 18 anos: grátis

;

;

ONDE COMER NO MONT SAINT-MICHEL

Comer dentro do Mont Saint-Michel pode sair caro se você não está preparado. Os restaurantes no Monte, como já eram de se esperar, são caros e o que está em conta nem sempre é tão gostoso assim pelo seu valor. Então se você não quer correr o risco de passar fome ou ficar sem dinheiro, é bom levar um lanchinho junto com você.

Mas se dinheiro não for problema para você, e você quer uma típica e turística atração gastronômica, eu sugiro que você coma o omelete da Mère Poulard. Se você só quer conhecer a famosa casa, mesmo sem ser cliente, você pode participar da preparação da omelete e tirar algumas fotos.

Se você quer comer “comida de verdade”, existem muitos restaurantes com uma comida boa dentro e fora do Monte Saint-Michel. Nesse minha última ida, eu almocei no Relais Saint Michel, um hotel e restaurante maravilhoso.

Ele fica do outro lado da passarela e te dá uma vista incrível para o Mont Saint-Michel. Comida simples, sem muita frescura, mas bem boa. E o melhor, o almoço já estava incluso no valor da visita guiada ao Mont Saint-Michel com ParisCityVision.

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

;

;

Onde ficar no Mont Saint-Michel?

Essa experiência eu ainda não tive, mas terei em breve. Quero muito ter a oportunidade única de ver os turistas irem embora e o Mont Sain-Michel ficando cada vez mais vazio e exclusivo. E principalmente acordar e ter a impressão de estar sozinha lá dentro. Deve ser maravilhoso.

Mas acredito que dormir num hotel localizado nas margens da baía também é ótimo. Tomar café da manhã enquanto admira o Monte é ainda mais grandioso e especial. Eu não me hospedei tão longe, uns 30km/50km do Monte, pois o foco das viagens nunca era somente ele. 

.

EU INDICO OS HOTÉIS:

;

;

Quando é a melhor época para visitar o Mont Saint-Michel?

A melhor época para visitar o Mont Saint-Michel é de março a outubro, quando o tempo está no seu melhor. Julho e agosto são alta temporada, então o Monte estará bem mais cheio. Esse verão 2019 teve dias com mais de 20.000 visitantes.

E na baixa temporada, que  vai de novembro a fevereiro, é o clima que não ajuda muito, mas se é a única época possível para você, vai assim mesmo. É melhor conhecer o Mont Saint-Michel no mau tempo, do que não conhecer. 

Mont Saint-Michel em 1 dia | Um lindo Bate-volta de Paris

As temperaturas médias são as seguintes :
De junho a setembro : 11°/20°
De maio a outubro : 8°/15°
De dezembro a fevereiro : 2°/8°
Março, abril e novembro : 4°/13°

;

;

Visite o Mont Saint-Michel saindo de Paris

É possível fazer um passeio de um dia ao Mont Saint-Michel saindo de Paris. Acompanhado por um guia brasileiro ou português, você sairá de ônibus de Paris às 07h15 e voltará pelas 22h. Você não se preocupará com nada, a não ser de não perder a hora.

No passeio está incluso o transporte + almoço no Relais Saint-Michel + entrada da Abadia + Guia em Português + passeio histórico guiado pela abadia e muralhas + tempo para explorar o Monte por conta própria. Mais cômodo que isso, impossível.

Família Andersen no Monte Saint-Michel;

;

COMO ir AO MONT SAINT-MICHEL

De Paris, estes são os melhores trajetos.

  • A11, em direção a Chartres-Le Mans, saída Fougères e direção Mont Saint-Michel
  • A13 para Rouen, em seguida, Caen
  • A84 direção Mont Saint-Michel, N176 direção Pontorson, depois D776 em direção a Mont-Saint-Michel.

Chegando lá pode aceder aos estacionamento numerados de P2 a P13. Ficam muito próximos do vai-e-vem que transporta os visitantes até ao Monte das 7h30 à meia-noite todos os dias. Você pode comprar o seu ticket, que deve guardar, à entrada do parque de estacionamento.

Depois da sua visita, pague nas caixas automáticas. O preço do estacionamento inclui o vai-e-vem assim como os serviços do CIT, instalações sanitárias, espaço bebé e informações.

Estacionamento no Monte Saint Michel

;

;

Quanto custa o estacionamento no Mont Saint-Michel?

Os preços do estacionamento são as seguintes :

  • Pacote de 24 horas: 14€,
  • Menos de duas horas: € 6,30
  • Bilhete perdido: 42€,
  • Menos de 30 minutos: estacionamento gratuito.

Não deixe de acompanhar o horário das marés : na maré alta, o estacionamento pode ser submerso pelas águas e o Monte Saint-Michel se torna uma ilha! Seria uma pena se seu carro fosse levado pelo mar. Ops!!

;

;

Dica de mãe : NÃO ESQUEÇA SEU CASACO!

Dada a sua posição, o Mont Saint-Michel é muitas vezes tomado pelo vento e pela água, o que contribui para uma temperatura elevada mesmo no auge do verão. Nunca subestime o frio, nem o calor que pode fazer no Monte. Então mesmo no verão, um casaquinho e lenço/echarpe, pode se fazer necessário.

;

Tenha um ótimo passeio no Mont Saint-Michel!!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy